Administração condominial de forma eficiente e transparente: vantagem para todos!

 

Anualmente, milhares de pessoas optam por morar em condomínios, seja pela segurança, praticidade ou lazer oferecidos. Com isso, síndicos têm sido cada vez mais requisitados e a necessidade de serem profissionais e comprometidos nunca foi tão grande. Administração condominial é cuidar do lar, do bem mais importante de um indivíduo ou uma família, o que traz grande responsabilidade. Pensando nisso, separamos algumas dicas para guiar o trabalho do síndico da melhor forma possível, confira!

Faça o planejamento

O planejamento é fundamental e o primeiro passo para uma gestão exemplar. Comece o trabalho analisando as necessidades do condomínio, converse com a equipe de colaboradores e moradores e também observe o funcionamento geral. A partir disso, faça uma lista do que precisa ser melhorado, implementado ou até retirado e crie um cronograma de tarefas.

Transparência e seriedade são essenciais na administração condominial

Lembre-se, seu trabalho precisa ser aprovado e acompanhado pelos moradores. Mantenha reuniões regulares, apresente o planejamento para apreciação dos condôminos e mantenha o cronograma de tarefas à vista de todos. É importante também ser consciente em relação ao que deve e pode ser feito, não tente abraçar o mundo de uma só vez, pense no médio e longo prazo.

Seja organizado

Além de otimizar seu tempo, a organização vai te ajudar no atendimento aos moradores e na prestação de contas. Falando nisso, dê atenção especial à prestação de contas, todos querem saber para onde vai o dinheiro pago, não é mesmo? Manter um relacionamento profissional com condôminos demonstra a qualificação do síndico para o trabalho e oferece tranquilidade para os moradores, que terão a certeza de que seus bens estão sendo administrados corretamente.

 

O que evitar durante uma administração condominial

Existem outras características que fazem um bom síndico, se tiver interesse em se aprofundar no tema leia aqui. Mas é importante também se atentar ao que não fazer na administração condominial:

 

  • Não crie atritos com moradores e colaboradores. Questões vão surgir e as soluções podem frustrar alguns, mas é fundamental não levar as reações negativas para o lado pessoal, manter o profissionalismo e não cultivar discussões sem propósito.

 

  • Não atue como especialista em áreas além de seus conhecimentos. Setores jurídico, construção civil ou arquitetura, por exemplo, demandam um profissional especializado. Não se aventure, pois se algo não sair como previsto, você poderá ser responsabilizado, inclusive judicialmente.

 

  • Gastar além da conta não é aceitável! Controle financeiro é fundamental, se não existe caixa disponível, se atenha ao essencial e sempre tenha um fundo reserva para eventualidades. Reforçando: Transparência nas finanças sempre!

 

A Alamo preza pela transparência, seriedade e eficiência em seus serviços, além de oferecer consultoria jurídica, serviço de cobrança e outras comodidades para seus clientes. Precisa de ajuda na administração do seu condomínio, fale com a gente, solicite um orçamento sem compromisso!

Deixe um Comentário