Contratação de administradora de condomínio: fique atento!

No dia a dia de um condomínio, muitas vezes o síndico não consegue realizar sozinho todas as suas funções – e não por falta de competência, mas, sim, porque a função de fato envolve um grande volume de atividades!

É neste ponto que entra a necessidade da contratação de uma administradora de condomínio, que dá suporte ao síndico nos âmbitos administrativos, jurídicos e financeiros, entre muitos outros, como já falamos no post “O que faz uma administradora de condomínio?“.

Mas depois que se identifica a necessidade da contratação de uma administradora de condomínio, surge a dúvida: como escolher a melhor entre as opções de cada região?

Muitas vezes essa escolha é feita por indicação – e isso é um ótimo início! Contudo, há outros fatores que devem ser levados em conta, conforme explicamos abaixo. Continue acompanhando:

Como contratar uma administradora de condomínios?

Sem dúvidas, o primeiro fator a ser considerado durante esse processo é a lista de serviços que a administradora oferece; afinal, a empresa deve atender todas as necessidades do condomínio e do síndico.

Pense em tudo o que você precisa para solicitar sua proposta! Muitas das administradoras vendem um pacote padrão de serviços, que não acabam não adaptando às necessidades individuais de cada condomínio no decorrer do tempo, e geram um grande impasse.

Além de não oferecerem serviços fundamentais para as suas necessidades, é possível também que as administradoras incluam em suas propostas serviços que são desnecessários para o seu condomínio.

Por isso, o ideal é que você fique no controle e passe as exigências para a empresa que será responsável pela administração.

Outro fator importante é a presença: a administradora deve estar presente sempre que o condomínio e o síndico precisarem.

Hoje há inúmeros canais disponíveis para a realização desse contato, como aplicativos para comunicação interna – e uma boa administradora de condomínio precisa ser moderna e estar sempre atualizada com as tecnologias existentes no mercado.

Não podemos esquecer também de comentar sobre o preço!

É bom ter em mãos, para avaliação interna, ao menos 3 orçamentos de diferentes administradoras, e, apesar de o preço ser um fator muito relevante, não pense nele como o fator principal.

Afinal, como qualquer produto ou serviço, o barato pode sair caro (e dar uma tremenda dor de cabeça mais tarde). Se isso acontecer, uma rescisão contratual pode causar contratempos para o síndico, para os moradores e para a saúde financeira do condomínio que certamente irão acabar com as vantagens do contrato mais barato.

Por fim, lembre-se sempre de que a escolha da administradora deve ser aprovada em assembleia. Aqui é importante frisar que o síndico pode apenas ratificar a sua administradora escolhida, na primeira assembleia após a contratação. Seja transparente com todos os condôminos, mostrando todos os orçamentos, os serviços que cada administradora oferece e suas referências para definir qual irá contratar.

Contrato e rescisão de uma administradora de condomínio

Depois de aprovada a contratação, analise com cuidado o contrato enviado pela administradora para assinatura.

Confira, por exemplo, se existe alguma cláusula que especifique se a administradora é responsável pelo pagamento de multas ou despesas extras decorrentes de seu erro, como multas decorrentes do não recolhimento do FGTS dos funcionários ou qualquer outro encargo ou tributo no prazo estipulado.

Uma análise minuciosa do contrato, apesar de trabalhosa, pode deixar o futuro do síndico (e do condomínio) bem menos estressante!

Caso haja a necessidade de rescisão do contrato da administradora de condomínio, vale lembrar que isso é responsabilidade do síndico, e que não há a necessidade de ser aprovada em assembleia. Contudo, é preciso ter cautela, já que a decisão pode ter fortes repercussões nas finanças do condomínio.

Esperamos que essas dicas ajudem você na hora de fazer a contratação da administradora de condomínio que ficará responsável por lhe auxiliar no seu dia a dia.

E não esqueça: se você mora em Belo Horizonte e região, pode sempre contar com a Alamo para a administração do seu condomínio!

Além de oferecermos serviços personalizados para as necessidades de cada condomínio e cada síndico, sem propostas pré-prontas, prezamos muito pela transparência e pela ética em nosso atendimento.

Quer conhecer nossa metodologia? Então solicite aqui nosso contato! Será um prazer lhe atender.

Deixe um Comentário