Regras de condomínio residencial: fique atento!

Viver coletivamente pode ser um desafio para alguns mesmo dentro de casa, imagina em um condomínio! Por isso, é importante que as regras de condomínio residencial sejam claras e democráticas. Dessa forma, evitamos mal-entendidos, a comunicação fica mais clara e o andamento do condomínio acontece sem conflitos. O primeiro passo, é ter conhecimento do conteúdo da convenção condominial e do regulamento interno, a partir daí, todos podem cumprir as regras.

Para auxiliar nessa tarefa, separamos algumas regras básicas para serem seguidas e manter a boa convivência em seu condomínio residencial:

 

Piscina do condomínio:

  • Não use vidros na área da piscina;
  • Equipamentos elétricos também devem ser mantidos afastados do local;
  • Animais não devem entrar na piscina;
  • Crianças pequenas devem sempre estar acompanhadas;
  • Evite o uso de equipamentos de som.

 

Barulho – fique atento às regras básicas

  • Respeite os horários de silêncio;
  • Evite fazer atividades que provoquem barulhos, como andar de salto ou lavar roupas, antes das 7h e após 22h;
  • Ao utilizar o salão de festas a atenção deve ser redobrada, principalmente se este for próximo aos apartamentos. Respeite o horário e mantenha a música num volume adequado;
  • É importante conscientizar também as crianças do horário para brincadeiras e ficar atento as peripécias dos cachorros.

 

Garagem: 

  • Não utilize a buzina, exceto em casos extremos;
  • Utilize farol baixo e respeite a velocidade máxima;
  • Seja cauteloso para evitar acidentes, caso ocorra, deixe um bilhete com seu contato avisando o dono do carro sobre o incidente;
  • Respeite a lei da preferência. Se dois carros se encontram, a preferência é de quem está chegando na garagem.

 

Elevador:

  • Para compras, mudanças, entregas e passeios com animais de estimação, utilize sempre o elevador de serviço;
  • Não segure o elevador;
  • Seja cordial, cumprimente a todos e espere que todos saiam do elevador para que você possa entrar.

 

Crianças no condomínio – também existe regras!

  • Respeite os horários de funcionamento de cada ambiente, não deixe as crianças brincando em áreas comuns após o determinado;
  • Crianças pequenas devem sempre estar acompanhadas, mesmo em horários permitidos;
  • Fique atento! Não permita que as crianças baguncem ou sujem áreas comuns. Se isso acontecer, certifique-se de limpar e organizar.

 

Obras em condomínios residenciais:

  • Geralmente, estas são áreas perigosas, por isso, fique atento às placas e sinalizações;
  • Se possível, não passe por áreas em obra e mantenha as crianças afastadas desses locais;
  • Se a obra for sua, respeite o horário previsto pelo condomínio e comunique os moradores com antecedência a sua execução, para que todos possam se organizar;
  • Lembre-se de consultar o regulamento sobre qual o procedimento deve ser feito para realização de uma obra, mesmo que seja dentro do seu apartamento.

 

Academia – o uso é de todos e as regras devem ser respeitadas!

  • Mantenha o ambiente limpo e organizado;
  • Pesos e anilhas devem ser colocados no lugar correto após seu uso;
  • Caso os aparelhos, como esteira, tenham tempo máximo de uso, respeite-o;
  • Limpe os equipamentos após o uso com álcool. Caso o condomínio não forneça, converse com seu síndico sobre a importância dessa conduta.

 

Funcionários:

  • Seja cordial e respeite os colaboradores do condomínio;
  • Não solicite serviços pessoais ao colaborador do condomínio;
  • Caso tenha alguma crítica sobre os profissionais, converse com o síndico.

 

Animais de estimação:

  •  Fique atento a latidos e bagunças excessivos, se isso ocorrer, verifique se o animal está saudável. Caso esteja, talvez seja uma boa ideia encontrar um adestrador. Questões com latidos de animais são polêmicas em condomínios;
  • Ao passear com o cachorro, utilize o elevador de serviço e limpe qualquer sujeira que ele faça em áreas comuns;
  • Ande sempre com a guia em áreas do condomínio e, caso o animal seja de porte grande, lembre-se da focinheira.

 

Por fim, o fundamental é sempre estar alerta ao regimento interno e respeitar as regras do condomínio. Horários de utilização de áreas comuns, cumprir a hora de cessar o barulho e a cordialidade, são fatores que alavancam a boa convivência. Gostou das dicas e quer receber mais informações úteis? Inscreva-se na Newsletter Alamo!

Mostrando 3 comentários
  • tito
    Responder

    Muito bom.ter orientações e experiência muito ajudam nos momentos críticos dentro do condominio.valeu amigos

    • alamoadmin
      Responder

      O conhecimento faz mais sentido quando compartilhado!

      Conte sempre conosco.

  • Marcus Marcio Martins Moreira
    Responder

    Eu gostaria de saber se uma planta em um vaso dentro da minha varanda no segundo piso em que os seus galhos ficaram pra fora da varanda no espaço aéreo, caracteriza uma mudança na fachada do condomínio?

Deixe um Comentário

limpeza de condomínios